Memorial Unimed Agreste Meridional

Consideramos como marco inicial do cooperativismo a fundação, em 23 de dezembro de 1844, da primeira cooperativa formal. Ela era uma cooperativa de consumo e instalou seu primeiro armazém em Rochdale, Inglaterra. Foi a primeira experiência com sucesso perene, porque seus 28 associados fundadores (entre eles uma mulher), chamados pioneiros conseguiram estruturá-la sobre um conjunto de valores que foram postos em prática com a formulação dos princípios cooperativistas e posteriormente consolidados, sistematizados e ampliados pela Aliança Cooperativa Internacional (A.C.I) em seus primeiros congressos. No Brasil, o cooperativismo passou por uma fase preliminar, quando houve a tentativa da criação de cooperativas, já com estrutura formal, em diversos pontos do país. O cooperativismo brasileiro atual tem como ponto de partida a criação da Cooperativa de Crédito de Linha Imperial, localizada no município de Nova Petrópolis, Rio Grande do Sul, em 28 de Dezembro de 1902. A cooperativa continua em ação até hoje. Seu criador, o padre Theodoro Amstard, pôs em prática todos os princípios cooperativistas, sobretudo o da integração.

No meio médico havia uma necessidade, de se criar uma medicina de grupo, devido ao declínio da medicina liberal e o insucesso da medicina estatal. Então o sindicato médico de Santos, procurou uma alternativa que atendesse a três objetivos básicos:

1 - Preservar a ética, eliminando a intermediação da medicina;
2 - Preservar a relação médico/paciente através da livre-escolha;
3 - Preservar a medicina liberal pelo atendimento em consultório, conservando a liberdade do médico em decidir sobre os meios de atendimento ao cliente. Dentre as múltiplas alternativas para se formar uma instituição capaz de reunir médicos - tais como empresa, associação, fundação e cooperativa -, a ultima foi escolhida por satisfazer as três exigências básicas e por apresentar doutrina de caráter social definida, em que se destacam a democracia das decisões e o fato da cooperativa ser aberta a todos.

Por tanto no dia 18 de dezembro de 1967, foi fundada a Cooperativa que deu origem ao sistema UNIMED, a UNIMED de Santos-SP, e desde então o Cooperativismo UNIMED cresceu para cobrir todo o país e ultrapassar fronteiras, chegando ao Paraguai (UNIMED da Ciudad de Lest) e à Argentina (UNIMED de Mendonza).

No universo do cooperativismo brasileiro em especial o de trabalho, as Unimeds se destacam como o mais forte e estruturado segmento cooperativista, pelo conteúdo ético e social da sua assistência médica, e baseada na perfeita relação médico-paciente, em seus procedimentos clínicos.

Baseado em todos estes fundamentos cooperativistas, é que os médicos da cidade de Garanhuns-PE, vendo o grande potencial desta cidade que tem hoje em torno de 120.000 (cento e vinte mil) habitantes, criaram em 13 de outubro de 1994 a UNIMED AGRESTE MERIDIONAL.

 

   





  Copyright © 2014 Unimed Agreste Meridional - Todos os direitos reservados.
Rua Quinze de Novembro, 53 - São José - Garanhuns-PE - CEP 55.295-230
Fone (87) 3762 1160 - Fax (87) 3762 9494